10 cachoeiras para conhecer no Brasil

By | Blog | No Comments

Confira a lista de cachoeiras incríveis no Brasil que você tem que conhecer

1- Cachoreira da Fumaça – Chapada da Diamantina, BA

(Foto: Roberto Tetsuo Okamura/Shutter)

(Foto: Roberto Tetsuo Okamura/Shutter)

 

2 – Cataratas do Igaçu – Foz do Iguaçu, PR

(Foto: Cameron John Jones/Shutter)

(Foto: Cameron John Jones/Shutter)

 

3 – Cachoeira do Caracol – Canela, RS

(Foto: ANDRE DIB/Shutter)

(Foto: ANDRE DIB/Shutter)

 

4 – Pirenopolis – Goiás, GO

(Foto: Wesley Silva de Souza/Shutter)

(Foto: Wesley Silva de Souza/Shutter)

 

5 – Serrinha do Alambari – Rio de Janeiro, RJ

(Foto: vitormarigo/Shutter)

(Foto: vitormarigo/Shutter)

 

6 – Cambará do Sul – Rio Grande do Sul

(Foto: RENATO SEIJI KAWASAKI/Shutter)

(Foto: RENATO SEIJI KAWASAKI/Shutter)

 

7 – Chapada dos Guimarães – Mato Grosso

(Foto: michelle7623/Shutter)

(Foto: michelle7623/Shutter)

 

8 – Floresta da Tijuca – Rio de Janeiro, RJ

(Foto: vitormarigo/Shutter)

(Foto: vitormarigo/Shutter)

 

9 – Cachoeira do Jalapão – Tocantins

(Foto: ANDRE DIB/Shutter)

(Foto: ANDRE DIB/Shutter)

 

10 – Chapada dos Veadeiros – Goiás

(Foto: Andre Dib/Shutter)

(Foto: Andre Dib/Shutter)

Fonte: http://canaloff.globo.com/programas/ultimas-do/materias/10-cachoeiras-para-conhecer-no-brasil.html

5 músicas para um rolê de skate

By | Sem categoria | No Comments
Foto: Vladik Scholz © Daniel Wagner / Red Bull Content Pool

Foto: Vladik Scholz © Daniel Wagner / Red Bull Content Pool

A série com listas temáticas começou com as 5 músicas para um surf bate-volta, selecionadas pelo editor do nosso canal especializado, Luiz Escopelli. Hoje, a responsa de escolher as cinco faixas para um rolê de skate é do Marcos Hiroshi, o cara responsável por alimentar nosso site com as notícias do esporte.

Com a experiência de quem já trilhou toda carreira de um skatista – começando pelos rolês na rua, competições em categorias de base e campeonatos profissionais – Hiroshi trabalha há anos como comunicador especializado em skate. “O que começou como mais um brinquedo ao lado da bicicleta e da bola se tornou parte integral da minha vida”, diz. Na trilha do seu rolê tem um pouco de trap, soul e rap nacional. “Combina com diversão e é claro, skate!”. Aí vão!

Cults – ‘You Know What I Mean’

“Esse é um grupo que conheci recentemente pelo vídeo do skatista Shane O’Neill, no ‘The SB Chronicles Vol. 2’, vídeo de skate da Nike SB. E depois de escutar essa e outras músicas do Cults, o grupo virou parte do meu playlist diário, seja para andar de skate ou para relaxar.”

Marvin Gaye – ‘I Heard It Through The Grapevine’

“Eu sempre fui fã da soul music e Marvin Gaye é o mestre. Quando eu participava de campeonatos amadores de skate, tinha esse lance de levar o som que você gostaria que tocasse na sua apresentação, e por muito tempo eu coloquei essa música. Além de ser uma das minhas favoritas, me deixava mais calmo na tentativa de me ajudar no nervosismo das competições. Poucas vezes deu certo. A culpa era de tudo, menos da trilha sonora.”

 Interpol – ‘Obstacle 1’

“Essa música faz parte da trilha sonora do revolucionário vídeo de skate ‘Yeah Right!’, lançado em 2003 pela Girl Skateboards, que teve como diretor ninguém menos que o consagrado Spike Jonze. Ela aparece na parte do skatista Brian Anderson. Esta música é totalmente urbana para mim, perfeita para as sessões de rua em São Paulo, ou qualquer outra grande metrópole.”

Tropkillaz – ‘HOTDAMN!’

“Eu já acompanho de longa data o trabalho do DJ Zegon e é um dos meus favoritos, sempre. Aí ele se juntou como o Andre Laudz, que faz um trabalho que eu curto muito, deu nisso aí, Tropkillaz. Não conheço nada de trap music, mas estou viciado nos sons deste projeto. Sempre que posso visito o Soundcloud deles para ver se tem algum som novo. Combina com diversão e é claro, skate!”

Kamau – 21/12

“Além de companheiro de sessão de skate de longa data, o Marcus Vinicius, conhecido com Kamau, atualmente também faz parte da sessão na trilha sonora. Essa música tem uma letra que é difícil um skatista não se identificar e para mim não é diferente. É uma música atemporal, que sempre vai me acompanhar. One two!”

Fonte: http://www.redbull.com/br/pt/music/stories/1331680804796/5-m%C3%BAsicas-para-um-rol%C3%AA-de-skate

Por: Camila Alam / 22 de setembro de 2015

 

8 cenários épicos para andar de skate pelo mundo

By | Blog | No Comments

Veja as nossas melhores imagens dos lugares mais incríveis para se andar de skate ao redor do mundo

A fotografia e as viagens são parte do DNA do skate e a combinação dos dois trazem momentos únicos. Descubra alguns destes picos pelo mundo onde praticar nosso esporte favorito se torna algo excepcional.

Aqui vamos mostrar oito cenários incríveis de picos para andar de skate.

Até se você quiser chamar seus amigos que não andam de skate para ir em um desses picos, provávelmente eles não irão se importar de ficar até o fim da sessão de skate.

#spotswithaview

Cuidado, piso escorregadio!

piso escorregadio

Foto: Adrien Bulard – Pivot Fakie © Kevin Metallier

Este bowl colorido fica na cidade de San Juan, em Porto Rico. As casas na região estão bastante destruídas e não existem turistas por aqui. Este é um daqueles escondidso, difícil de encontrar, localizado ben em frente ao mar.

As ondas batem muito próximo e você provávelmente encontrará o bowl molhado e escorregadio, especialmente no final do dia. Quando seca, é fantástico. Esta imagem de Adrien Bulard foi realizada ao pôr do sol.

Read More

8ª maravilha: Slater inaugura sua piscina de ondas

By | Blog | No Comments

Imagem 8ª maravilha

Teorias da conspiração alegam que o pouso na Lua foi falsificado em estúdio, mas essa manhã Carissa Moore, Nat Young e Kanoa Igarashi deixaram bem claro para o mundo do surf que a piscina de ondas de Kelly Slater é real. Eles droparam uma série de ondas perfeitas.

Desde que Slater revelou seu projeto, até então secreto, em dezembro do ano passado, a comunidade do surf ficou se perguntando: “a piscina será aberta ao público? Vai ser um local para sediar eventos? Foi possível construir uma piscina com ondas realmente surfáveis?

Read More

skt12

Skate das Meninas

By | Sem categoria | No Comments

 

Há um tempo não muito distante, skate já foi coisa de menino e raras eram as meninas que se aventuravam nesse esporte.

O incrível é que ainda hoje as mulheres sofrem preconceito.

skt14

 

Karen Jonz, 30 anos, brasileira e tetra campeã mundial, desaprova a incompreensão com que o esporte é visto. “Algumas vezes, por causa de um menino mal-educado com um skate na mão, generalizam para todos os outros, sendo que mal-educados podem ter em qualquer lugar.” (Em entrevista de 2011). Karen também é atua como designer, é artista e escritora.

Entretanto, de acordo com quem lida com o esporte há muito tempo, a discriminação contra a modalidade e seus praticantes diminuiu consideravelmente nas últimas décadas.

Mesmo assim, existe uma campanha com a hashtag #GarotasNoSkateSIM, com um vídeo postado no Youtube ano passado.

O título: Garotas do Skate – Campanha contra o preconceito na categoria feminina

Crossing Boarders Tour - august 11 to 23 2010

Outra brasileira que está no topo é a Leticia Bufoni. Ela foi quatro vezes campeã da Copa do Mundo da modalidade (WCS) na categoria street e, em outubro do ano passado, levou o caneco do UIC Pavilion, em Chicago, com a primeira colocação na Street League Skateboarding (SLS), considerada a principal competição do skate de rua do planeta.

Segundo dados da Datafolha, são cerca de 200 mil pessoas do sexo feminino praticando Skate em diversos Estados, como Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e Amazonas, entre outros. Os principais circuitos de Skate do país aderiram à categoria feminina e muitos campeonatos também, aumentando esta oferta e estimulando cada vez mais as mulheres a praticarem o esporte.

Separamos 10 imagens alucinantes que mostram mais do que nunca que Skate é coisa de menina sim!

skt9skt1
skt7

skt10

skt2

skt3

skt4

skt5

skt6

skt16

 

 

hidden-beach-puetro-vallarta-mexico-woe1

10 praias incríveis

By | Blog | No Comments

Existem praias que são verdadeiros paraísos.

Só de olhar já faz bem.

Segue para vocês alguns lugares maravilhosos que separamos para vocês contemplarem…

beach-4resize

Bioluminescent Bay – Fajardo, Puerto Rico

beach-5re

Anse Lazio, Praslin, Seychelles

beach-3resize

Benagil Sea Cave Beach – Algarve, Portugal

moeraki-beach-boulders

koekohe-beach-new-zealand

Koekohe Beach, New Zealand

beach-3re

Hidden Beach – Marieta Islands, Mexico

beach-6re

Whitehaven Beach – Whitsunday Island, Australia

beach

Scala dei Turchi, Sicily, Italy

beach-1resize

Glass Beach, Fort Bragg California

beach-5resize

Kaihalulu Red Sand Beach – Hana, Hawaii

beach-6resize

Lençóis Maranhenses, Maranhão, Brasil

E qual dessas praias você acha a mais espetacular?

Clark Little – O fotógrafo das ondas

By | Blog | No Comments

cl07

Nascido na Califórnia em 1968 e morador do North Shore de Oahu, no Havaí desde os dois anos, Clark trocou o surfe pela câmera em 2007. Desde então, conquistou inúmeros prêmios, deixou a galera de boca caída com as fotos.

Caldos e machucados fazem parte da vida dele, mas nada muito grave.

cl01

slideshow_4

Recentemente, Clark perdeu seu irmão, o surfista lendário Brock Little. Logo em seguida, Waimea ganhou um swell gigante e depois de anos de espera, o Eddie Aikau aconteceu no maior mar da história do campeonato, apelidado de #brockswell.

cl08 cl06

Clark Little impressiona com as suas fotos. Ele conta que trocou a prancha pela câmera. “Quando as ondas estão boas, quero fazer fotos. Tenho a mesma emoção e o mesmo trabalho físico fotografando. E a melhor parte é que vou para casa com os tubos que fotografei, e posso ficar revendo-os várias vezes. Quando surfo, no dia seguinte já esqueci das minhas ondas!”

cl09

cl10

cl05

cl04

cl02

cl03

Para saber mais:

SITE: https://clarklittlephotography.com

INSTAGRAM: @clarklittle

(Fonte: O Globo)

 

Você já ouviu falar da Vanina Walsh?

By | Blog | No Comments

Vanina Walsh nasceu no Hawaii e hoje tem 18 anos.

Em 2012, com apenas 15 anos, Vanina chamou a atenção pela sua performance e versatilidade nas ondas.

Tanto de longboard quanto no SUP Wave ela arrasa. Compete também em provas de Race.

Já foi patrocinada pela Roxy e hoje é empresária e designer da sua própria linha de biquínis.

12716823_1115711408469514_959341945_n

Read More